Vida de expatriado

Como obter a cidadania alemã (ou apenas ficar para sempre)

O Ministério das Relações Exteriores da Alemanha faz questão de informar em seu site que “a lei de cidadania alemã é relativamente complicada” e que eles só podem responder “as questões mais comuns”.

Mas nesta semana o TheLocal.de fez uma super matéria sumarisando as principais informações, e é essa matéria que colocamos aqui… 😉

Tornar-se alemão provavelmente significará renunciar à sua cidadania atual, mas também há a opção de obter residência permanente. Descubra o que funciona para você.

Se você quer apenas uma residência permanente

Se disser adeus a sua pátria amada não combina muito bem com você, a residência permanente (EC residence )para garantir que você pode permanecer no longo prazo pode ser uma aposta melhor.

Os requisitos gerais para essas autorizações são que você tenha habilidades alemãs adequadas, possa se sustentar financeiramente, ter seguro de saúde e não ter antecedentes criminais.

Você pode solicitar a residência permanente depois de viver na Alemanha por cinco anos sob alguma forma de autorização de residência limitada (ou seja, uma permissão de trabalho). Esta autorização também significa que você pode morar em qualquer outro lugar na UE.

Há também uma permissão de estabelecimento. Este não permite que você se mova pela UE da mesma forma, mas às vezes você pode obtê-lo em menos de cinco anos.

Para a permissão de residência permanente, estudantes de uma universidade alemã podem se inscrever dois anos após a formatura. E os titulares do Blue Card UE (pessoas com um rendimento bruto superior a 49 600 euros, ou 38 688 euros, dependendo da profissão) podem obter residência permanente depois de trabalhar 33 meses ou apenas 21 meses com um certificado de língua B1.

Além disso, pessoas autônomas com negócios bem-sucedidos também podem se candidatar em três anos.

A Alemanha também concederá residência permanente imediata a imigrantes “altamente qualificados”, como cientistas, instrutores ou pesquisadores, que também têm ofertas de trabalho.

Se você quer cidadania

Para se tornar um cidadão naturalizado, você deve ter morado na Alemanha com uma autorização de residência limitada por pelo menos oito anos. Mas você também pode reduzir para sete anos se fizer um curso de integração em alemão, o que pode ser feito de forma acessível através de uma Volkshochschule local.

Mas, muito importante, você também precisa saber alemão.

“A capacidade de falar alemão é uma necessidade absoluta. Ser capaz de se comunicar em alemão é essencial para a integração social e econômica ”, escreve o Ministério do Interior.

Então, quão bom o seu alemão tem que ser?

“Comando suficiente é definido como sendo capaz de lidar com o cotidiano alemão na Alemanha, incluindo lidar com as autoridades e ser capaz de conduzir conversas compatíveis com a idade e a educação. Como regra, isso inclui a capacidade de ler, entender e reproduzir oralmente um texto em alemão sobre um tópico geral ”.

Além disso, você tem que provar que pode se sustentar financeiramente e não cometeu nenhum delito grave. Os cidadãos de fora da UE também devem desistir de sua nacionalidade atual – exceto em circunstâncias em que isso não é possível, como países que não permitem que os cidadãos façam isso. Os cidadãos da UE podem ter dupla nacionalidade com a Alemanha e seu país nativo da UE.

Há também um teste de naturalização que você deve fazer, com 33 perguntas no nível B1 de alemão sobre as leis, o histórico e as pessoas do país. Você deve acertar 17 dos 33, ou pouco mais da metade.

Ah, e você deve pagar uma taxa de € 255.

Se você é casado ou tem filhos

Se você já é casado com um alemão, isso pode facilitar as coisas. Os cônjuges devem viver legalmente na Alemanha por três anos e estar casados com seu parceiro por pelo menos dois anos no momento da solicitação.

E os requisitos gerais de naturalização também se aplicam: bom domínio do alemão, nenhum registro criminal sério, etc.

As crianças nascidas de pelo menos um dos pais alemães, mesmo fora do país, também são elegíveis para a cidadania alemã.

Mas crianças nascidas dentro da Alemanha para pais não alemães – a partir de 1º de janeiro de 2000 – também podem obter a cidadania sob certas circunstâncias. Pelo menos um dos pais deve ter vivido no país legal e regularmente por pelo menos oito anos e ter direito permanente de residência.

Ainda, entre 18 e 23 anos de idade, a criança tem que decidir qual nacionalidade manter, se tiver mais de uma.

Leave a Response